- Publicidade -

Começou ontem a segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. Três brasileiros estiveram em campo: Palmeiras, Atlético-MG e Grêmio.

O Palmeiras venceu o Melgar em casa por 3×0 pelo grupo F, e chegou aos 6 pontos. Depois de atuações abaixo da média, o time de Felipão apresentou bom futebol e convenceu. Ricardo Goulart foi destaque. Participou do primeiro gol marcado por Felipe Melo na etapa inicial, e no segundo tempo deixou o seu, além de dar assistência para Deyverson fechar o placar. Foi a primeira partida de Deyverson após gancho por cusparada no clássico contra o Corinthians.

O Atlético enfrentou o Nacional no Uruguai e foi derrotado por 1×0, pelo grupo E. A situação do Galo é preocupante, já que foi a segunda derrota em dois jogos, mantendo o time sem nenhum ponto. O Atlético foi a campo com esquema extremamente defensivo e pouco pôde fazer no ataque. O gol dos uruguaios foi marcado por Bergessio, de cabeça, aos 26 do segundo tempo. Para não ficar pelo caminho, a reação deve ser imediata.

O Grêmio jogou em casa contra o Libertad e também perdeu por 1×0, pelo grupo H. Os comandados de Renato Gaúcho não apresentaram o futebol que é marca registrada do time e pouco foram eficientes. Muito por conta da forte marcação dos paraguaios, que desde o início estiveram mais próximos de abrir o marcador. O gol de Bareiro saiu pouco antes do final do primeiro tempo. O Grêmio tem apenas um ponto.

Outros resultados da terça-feira de Libertadores: Olímpia 1×1 Universidad Concepcíon, Boca Juniors 3×0 Tolima, Sporting Cristal 1×1 Godoy Cruz.

- Publicidade -