- Publicidade -

Depois das estreias de Flamengo e Athletico, foi a vez de Palmeiras, Inter, Grêmio e Atlético-MG entrarem em campo pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.

O Palmeiras fez 2×0 na Colômbia contra o Junior Barranquilla, pelo grupo F. O time de Felipão começou muito bem e abriu o placar cedo, com gol de Gustavo Scarpa, mas foi deixando o ritmo cair e correu riscos. O goleiro Weverton apareceu com defesas importantes. Nos últimos minutos, Marcos Rocha concluiu a jogada de contra ataque que ele mesmo iniciou e garantiu a boa vitória.

O Inter venceu o Palestino pelo grupo A, no Chile, com gol solitário de Rafael Sobis aos 37 do segundo tempo. O atacante saiu do banco de reservas e marcou em cobrança de falta traiçoeira, resultando em falha do goleiro Gonzalez que, juntamente com Marcelo Lomba, se destacou na primeira etapa com boas intervenções.

O Grêmio é quem teoricamente tinha o jogo mais difícil, apesar da má fase do rival. Empatou em 1×1 na Argentina contra o Rosário Central, pelo grupo H. Zampedri marcou para o Rosário aos 2 minutos, e Everton fez belo gol para empatar aos 12. Destaque negativo para Felipe Vizeu, que perdeu muitos gols.

O Atlético foi derrotado pelo Cerro Porteno em casa, pelo grupo E: 1×0 para os paraguaios. Foi um jogo franco, mas o Galo foi melhor e teve dois gols anulados: uma cobrança de falta de Cazares que entrou direto no gol (não valeu por ser tiro livre indireto e ter entrado sem tocar em nenhum jogador) e em impedimento de Ricardo Oliveira. Foi castigado com o gol Churín, em posição irregular.

Outros resultados da quarta-feira de Libertadores foram: Alianza Lima 1×1 River Plate, Universidad de Concepcíon 5×4 Sporting Cristal e Zamora 0x1 Nacional.

Entre os brasileiros, falta apenas a estreia do Cruzeiro, que enfrenta o Huracán nessa quinta, fora de casa, pelo grupo B.

- Publicidade -