- Publicidade -

O Vasco entrou em campo com uma bandeira do Flamengo estampada em sua camisa, dias após a tragédia que tirou a vida de jovens jogadores do Rubro Negro. Atitude elogiada pela mídia e que criou problemas internos no Cruzmaltino, com conselheiros insatisfeitos com o fato do clube portar o distintivo rival em seu uniforme.

A opinião pública é obrigada a elogiar. Os jogadores e comissão técnica dos dois clubes também. Já eu, digo que são reféns do discurso bonito. Sabem que caso se mostrem contrários, sofrerão enxurrada de críticas hipócritas, vindas de torcedores que em hipótese alguma usariam algo que faz alusão ao adversário.

É EVIDENTE que todos sentiram pelo que aconteceu. Jovens perdendo a vida com tão pouca idade, e a dor dos parentes com mortes tão cruéis e repentinas. Lamentamos muito pela dor da perda, nos colocando no lugar de quem viveu isso de perto.

Homenagens e lembranças são sempre bem-vindas, mas estou do lado dos conselheiros do Vasco que não aprovaram. Bandeira, somente a do nosso clube. Inclusive acho questionável se essa não foi uma ação midiática de quem a propôs, sabendo que quem falasse a respeito em frente às câmeras seria obrigado a cobrir de elogios e poderia colocar o clube em evidência.

- Publicidade -