- Publicidade -

Nesse artigo vamos analisar um estudo feito pela empresa Technavio sobre as expectativas do mercado de fantasy sports no Brasil entre os anos de 2016-2020. Nesse estudo, lançado em fevereiro desse ano, eles fazem uma projeção de que o mercado de fantasy sports terá um valor de mais de U$1,5 bilhão em 2020, com crescimento anual de 20%.

A Technavio, empresa líder global em pesquisas de mercado para produtos tecnológicos, realizou um estudo em fevereiro desse ano sobre as expectativas a cerca do mercado de fantasy sports no Brasil. Segundo cálculos feitos pelo sistema implantado na pesquisa o mercado brasileiro se apresenta como um dos mais promissores para os próximos 5 anos. De acordo com as projeções, o mercado brasileiro tem um potencial de atingir um valor de mercado acima de U$ 1,5 bilhão (algo em torno de R$ 5 bilhões na cotação atual) com crescimento de 20% ao ano até 2020.

Sem dúvida esse é um valor bastante atrativo para os líderes da indústria de fantasy sports no mundo. Segundo o estudo os mais interessados no mercado brasileiro seriam os dois gigantes americanos DraftKings e FanDuel, além de outros provedores não tão populares como CBS, Yahoo e Fantasy Aces.

Fatores chaves para esse desenvolvimento

Essa expectativa de mercado se deve a alguns fatores que o estudo apresenta como cruciais para o desenvolvimento dos fantasy sports no Brasil, são eles: o aumento do número de usuários de smartphones, rápida penetração da internet de alta velocidade no Brasil, o crescimento da popularidade dos fantasy sports no Brasil e o investimento massivo em marketing.

Altos investimentos em marketing são um dos grandes fatores para o crescimento do mercado de fantasy sports no Brasil
Altos investimentos em marketing são um dos grandes fatores para o crescimento do mercado de fantasy sports no Brasil

Após esse escopo geral o estudo apresenta de forma detalhada uma análise de cada esporte dentro no cenário nacional. E como não poderia ser diferente o futebol é o líder de mercado por ser o esporte nacional, o mais praticado dentre todas a idades e gênero, o mais televisionado, o que recebe mais investimento e por ser o único esporte com um grande site de fantasy que é o Cartola FC. Estima-se que apenas com o modo Cartoleiro Pró, onde os jogadores pagam uma mensalidade de R$5 por mês em troca de alguns benefícios, o site esteja faturando em torno de meio milhão por mês.

Após apresentar o futebol como carro chefe dos fantasy sports no Brasil o estudo aponta o basquete como segundo produto de maior valor a ser explorado pelos sites de fantasy. Em seguida baseball, futebol americano e os outros esportes com menor potencial (MMA, eSports, automobilismo, boxe , tênis e golfe).

Divisão do mercado de fantasy sports no Brasil por esporte. Fonte: Technavio
Divisão do mercado de fantasy sports no Brasil por esporte. Fonte: Technavio

Crise econômica atual

O estudo também mostra uma análise da nossa atual economia. O baixo crescimento do PIB, desaceleração da economia e do consumo interno e o aumento descontrolado da inflação são fatores que podem, no longo prazo, atrapalhar o desenvolvimento do mercado de fantasy sports no Brasil.

O estudo ainda cita outros problemas recentes que enfrentamos até mesmo na produção energia elétrica. Devido à falta de chuvas e tendo nossa matriz energética baseada na energia gerada pelas hidrelétricas tivemos que buscar outras fontes energéticas que aumentaram consideravelmente o custo da energia, encarecendo praticamente tudo.

Implantação dos Daily Fantasy Sports

Um ponto crucial e muito abordado no estudo é que se faz necessário a implantação de sites que ofereçam a modalidade mais jogada de fantasy sports no EUA, os “daily fantasy sports” (fantasy jogado por rodada).

Esse seguimento não é explorado no Brasil e é o grande responsável pela grande popularidade dos fantasy sports no solo americano principalmente por que nesse modo do jogo você não é obrigado à jogar toda a temporada do campeonato para definir o campeão.

Toda rodada de um campeonato seja ele NFL, NBA ou MLB os sites oferecem vários torneios onde todos os participantes tem as mesmas condições para montar sua equipe com o sistema de “salary cap” (teto salarial), onde você tem um limite de “dinheiro” para montar seu time e cada jogador tem um preço definido. Terminada a rodada temos os campeões e eles recebem seus prêmios.

Nossa opnião

Não só com base nesse estudo, mas também em outros estudos disponíveis na internet e com base no mercado americano, acreditamos que o mercado de fantasy sports no Brasil tem um grande potencial a ser explorado e com certeza muitos jogadores da fantasy sports no Brasil estão ansiosos por novidades no mercado.

Sites pesquisados:

Technavio; PRNewsWire; BusinessWire; MaquinadoEsporte

- Publicidade -